Virando Gringa

10 lugares incríveis para andar de Bicicleta pelo mundo

Andar de bicicleta, além de fazer bem, pode ser considerado extremamente prazeroso. Nada melhor do que fazer isso enquanto se viaja pelo mundo. O Mega Curioso e o Virando Gringa prepararam uma pequena lista com sugestões de alguns lugares onde os ciclistas se sentirão ainda mais bem-vindos.

1. Orla da Zona Sul no Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro é a cidade com o maior número de ciclovias do Brasil com 350 km de pistas exclusivas, perdendo apenas para Bogotá no continente americano. Poucas paisagens urbanas do mundo se comparam com a beleza da mistura de mar e montanha encontrada no Rio.

2. Os canais de Amsterdã…e pela Holanda inteira!

A capital mundial da bicicleta continua firme como um dos melhores destinos turísticos dos ciclistas. Todas as ruas da cidade possuem ciclovias, ainda que todas estejam sempre cheias, Amsterdã é um dos poucos locais do mundo que existe trânsito de bicicletas.
A Holanda conta com mais de 20 mil kilômetros de ciclovia! Saia de Amsterdam e vá dar uma passeada pelo país das bicicletas!
Sua viagem pode ser planejada pelo Fiestrouteplanner.nl, um site feito só para planejar viagens de bike!!!

 

3. Ande sobre o Rhône em Lyon

A cidade francesa de Lyon inventou o sistema de aluguel de bicicletas que hoje existe pelo mundo inteiro. Um dos maiores destaques deste local são as centenas de quilômetros de ciclovias que percorrem a extensão de seus dois rios: o Rhône e o Saône.
É o projeto Via Rhona!! Visite o site aqui.
ViaRhôna tem uma grande ambição   levar todo mundo de bicicleta do rio Rhône, passando pelos Lagos de Genebra até as praias mediterrâneas da França

A rota que liga o Mediterrâneo ao noroeste da Europa, que tem sido usado por civilizações sucessivas por mais de 2.000 anos, vai ser transformada! Maravilhosas paisagens, cidades, aldeias, vinhas e gastronomia esperam por você ao longo do caminho.

O trabalho necessário para completar todo o percurso ViaRhôna ao Mediterrâneo vai demorar muitos anos, mas agora, os ciclistas experientes podem enfrentar o itinerário provisório, cobrindo 450 km, através da Região de Rhône-Alpes. Para o ciclismo suave, experimentar as várias etapas já em vigor que são acessíveis a todos, levando-o ao longo de vias verdes e ciclovias ao lado do Rhône.

4. Viaje pela Carretera Austral no Chile

A Carretera é uma enorme estrada não pavimentada que corre por quase 1000 quilômetros norte a sul do Chile. Ela perpassa por alguns dos locais mais belos da América Latina incluindo lagos, montanhas e geleiras. A rota só fica aberta durante o verão, já que pode ser encoberta facilmente pela neve.

5. Salar de Uyuni

O Salar de Uyuni é o maior deserto de sal do mundo. Localizado na Bolívia, sua principal característica é a ausência de qualquer tipo de declive. O chão de sal funciona bem com as rodas da bicicletas e é uma paisagem totalmente diferente de qualquer outra coisa.

6. Visite toda a ilha de Páscoa de bicicleta

A ilha de Páscoa é aquele lugar com umas máscaras gigantes de pedra que sempre estavam nos desenhos do Pernalonga! O quê?
A Ilha de Páscoa não tem nada a ver com coelhinhos, é onde ficam os misteriosos e gigantescos Moai. Existe uma trilha de terra batida para bicicletas que circula por toda a região e que passa por todas as estátuas famosas da ilha.

7. Conheça os castelos do Vale do Loire

O Vale do Loire fica no coração da França, e é uma região idolatrada pelos seus palácios suntuosos. Ainda que nem todas as rodovias do Loire sejam feitas para bicicletas, todos os motoristas são respeitosos o suficiente para garantir que este seja um dos melhores passeios da sua vida.

8. Corra nas trilhas de terra batida de Angkor

Uma das construções mais belas do mundo é, sem dúvidas, o templo de Angkor no Cambodia. A região é repleta de pequenas trilhas de terra batida que são perfeitas para explorar os diferentes templos locais.

9. Percorra Kopenhagen de bike


Copenhague é considerada uma das melhores cidades para se andar de bicicleta no mundo, com uma estrutura praticamente ideal. Mais da metade de todas as rodovias da cidade possuem faixas para ciclistas, e a beleza da cidade apenas ajuda a tornar esta viagem ainda mais atrativa.

10. Volte a década de 50 em Havana

Sei que Cuba anda polêmica no Brasil no momento, mas Havana ainda pode ser turística. A cidade possui menos estrutura para ciclistas do que outras cidades na lista, mas suas largas ruas, repletas de carros antigos, costumam a dar muito espaço para bicicletas. Uma das capitais da prática do ciclismo na América Latina, Havana tem muito a oferecer a todos os seus ciclistas.
Obrigada Revista Bicicleta pela reportagem!
Adições minhas sobre o Via Rhona, e sobre Amsterdam.
Boa Viagem!!!

Precisa de hospedagem barata em qualquer lugar do mundo?
Reserve por Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!
E que tal visitar museus pela Europa sem fila?
Reserve com o TicketBar Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!


Quer saber tudo e mais um pouco sobre veneza?
Compre o e-book! Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!


Related Posts

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *