Virando Gringa

Absurdos que uma brasileira ouve na Europa

É incrível como as pessoas formulam conclusões e ideias precipitadas, e, não se sabe como nem porque, saem falando como se fosse verdade.
No meu primeiro intercâmbio, morava numa cidade muito pequena na Holanda. Muito pequena mesmo, coisa de menos de 10 mil habitantes. Consequentemente, as pessoas acabavam tendo algumas ideias erradas de países longínquos para eles, como o Brasil.
Outros faziam perguntas idiotas pra sacanear mesmo.
“Morando aqui na Holanda tenho visto vários exemplos desse tipo de coisa…principalmente quando eu falo que sou brasileira. Por isso decidi listar algumas frases e perguntas que ouço por aqui…Algumas muito engraçadas, outras nem tanto.

Mas como temos que manter a boa vizinhança, eu não posso dar as respostas que vêm a minha mente. Normalmente eu dou só uma risadinha, ou tento botar a sanidade de volta na cabeça dessas pessoas, mas agora posso extravasar o coração aqui no blog” -> euzinha em 2011, no primeiro rascunho desse post.

Só pra deixar claro: esse post é sobre as frases absurdas, mas não são todos os europeus que pensam assim, obviamente. Tem muito, (mas MUITO), europeu que sabe mais sobre o Brasil do que muito brasileiro por aí!! Mas esse post é sobre os que não sabem…porque É DELES QUE A GENTE RI! 

 

1. Amazônia

– “Você tira férias na amazônia, né? Sortuda!”
Resposta que eu dei: – hahaha não, não, vou te explicar, a amazônia é um pouco longe de onde eu vivo e blablabla…
Resposta que eu gostaria de dar: – Super…TODO mês de julho pego a família e a farofa e vou pra amazônia  amigo… tá barato mesmo a passagem de curitiba pra manaus.

E assim por diante, não compensa escrever todas as respostas que eu dei porque são todas tentativas de evitar uma guerra e manter a paz entre o Brasil e a Holanda!! hahaha

Então aí vão mais alguns absurdos:

“Ah, vc é brasileira? Então me diz, porque vocês desmatam a Amazônia desse jeito, hein?”
– Não sou eu que desmato, (P#$%¨!!!). Eu sou Engenheira Florestal no Brasil, ou seja, eu trabalho exatamente com preservação, e não com desmatamento.
“Ah é? Então porque ainda não acabaram com o desmatamento no Brasil?!”
– Meu querido…você já ouviu falar de corrupção? lavagem de dinheiro? exploração ilegal de madeira? tráfico biológico? Venda ilegal de animais?
Nesse momento a pessoa se toca que ela não sabe nem um pouquinho do que acontece de fato no Brasil e  cala a boca.

– “Você mora no Brasil então…é difícil viver no meio da Floresta Amazônica?”
– Sim, às vezes a caça some e temos que comer apenas os ratos que se escondem na nossa oca. Disputar rato no tapa é algo que faço desde criança. É difícil viu, muito difícil.

– “Da onde você é?”
– São Paulo.
– “Ah, eu SEI. São Paulo é aquela cidade super grande…(*.* olhinhos brilhando de felicidade, não acredito que finalmente alguém acertou!!!)…no meio da floresta amazônica?!”
– Sem dúvida nenhuma é maior que seu cérebro.

– E pra fechar com chave de ouro, o inacreditável mix: “Como vocês conseguiram construir uma metrópole como São Paulo no meio da Floresta Amazônica? Incrível a capacidade de vocês de conviverem com os índios”.
– Incrível minha capacidade de conviver com você!!!
ou ainda: vai perguntar pro filhinho de deputado que botou fogo no índio pra ver se ele convive bem!!

2. Futebol

– “Como brasileira você deve jogar futebol muito bem, né?”
– HAHAHA olha minha cara de jogadora de futebol!!

– “Você conhece o Pelé?”
– Claro!!! E fomos apresentados um dia pelo Ronaldinho numa festa.

3. Todas as brasileiras são Gostosas e/ou Prostitutas ou apenas “Todas as brasileiras são prostitutas”.

Eu nunca falei isso aqui no blog porque não gosto de falar de vida pessoal, mas só pra situar, eu tive um namorado aqui na Holanda em 2011. Um dia ele decidiu comentar num grupo de amigos que ele estava namorando uma brasileira. Daí vem um outro ser (que não sinto que mereça ser chamado de “pessoa”) e fala pra ele:  

– “Nossa ele deve ser muito gostosa, mas diz aí quanto você pagou dela?”

 Coméquié?!  Pagou?!

Peraí. Você não leu errado não…ele disse PAGOU mesmo!

O mesmo preço que eu paguei da sua mãe, seu f%d@p*%%#!!!
A felicidade em dar essa resposta é algo que seria indescritível!

4 – “A capital do Brasil é o Rio de Janeiro né? Mas como é sua vida se lá só tem carnaval o ano todo?”.
– Estimado amigo gringo, não sei o que te ensinam nas aulas de história por aqui, mas pode crer que está errado!! O Rio de Janeiro continua lindo, mas não continua sendo a capital do Brasil. Foi capital do Brasil quando ainda era Colônia a partir de 1763, depois do Império Português na época das invasões de Napoleão Bonaparte, depois do Império do Brasil, e por fim da República até a inauguração de Brasília, na década de 1960, há mais de 50 anos!
Pô, a capital do Brasil é Belo Horizonte e todo mundo sabe disso!!! (brincadeirinha gente)
Sobre o carnaval eu já cansei de argumentar, afinal a imagem que o Brasil vende é essa mesmo, não sou eu que vou consertar, prefiro me divertir ensinando os gringos a sambar! hahaha

5 – “Fortaleza é a capital da Bahia.”

Bem, tem brasileiro que pensa isso, então é até perdoável.

6 – Confundir Mato Grosso e Amazônia.

Idem, ainda existem paulistas de apartamento que pensam que Mato Grosso é no meio da floresta amazônica, sendo que é só na parte norte que as duas coisas se ligam…ou seja tem brasileiro perdendo de conhecer o maravilhoso ecossistema do Pantanal Matogrossense! (antes que ele acabe).
Então também perdoei os gringos nessa.

7 – O Coreano que mora na mesma casa que eu não queria trancar a porta da frente da casa, porque disse que na Europa é seguro e que não temos com o que nos preocupar. Mesmo depois de terem roubado uma casa na vizinhança ele continuava com as mesmas ideias. Um dia decidi conversar com ele e tentar convencê-lo de que trancar a porta era necessário.

Ele pega e me diz: “Juliana, não precisa se preocupar, aqui não é a favela onde você vive”.
Depois eu dou um murro na cara, pessoal vem falar que EU é que sou chata! (brincadeira gente, sem violência). Mas vê se pode, falar que o Brasil é uma grande favela? Da onde ele tirou isso? A única coisa que eu fiz foi fazer o meu melhor olhar ameaçador, e falar pra ele: “O QUE FOI QUE VOCÊ FALOU?! Escuta aqui colega…” e aí a coisa virou aula de geografia.

8 – “No Brasil tem samba, carnaval, futebol, mas é tudo favela, ladrão por todo lado, prostitutas. Eu te entendo sabe, não é fácil viver numa situação dessas. Por isso que você FUGIU pra Europa né?”

depois dessa eu parei…
Lembrando sempre que: eu coloquei aqui somente casos muito absurdos. Não estou chamando nenhum europeu de burro, aliás muito pelo contrário. Existe muito brasileiro que comete quase os mesmos erros. Mas eu passei por isso, e achei digno de escrever, porque uso esse blog pra mostrar as coisas que aconteceram comigo. Simples.

Precisa de hospedagem barata em qualquer lugar do mundo?
Reserve por Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!
E que tal visitar museus pela Europa sem fila?
Reserve com o TicketBar Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!


Quer saber tudo e mais um pouco sobre veneza?
Compre o e-book! Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!


Related Posts

Leave a Reply

17 comentários sobre “Absurdos que uma brasileira ouve na Europa

  1. Criando Artes Carla

    Menina que sufoco, hein?
    Você é muito calma, na hora do quanto pagou por ela eu teria virado a mão!
    Li e fiquei abismada, eu só sabia da antipatia que os americanos tem pelos brasileiros, mas isso!!!!
    Querida desejo-lhe sorte nesse País e muita paciência.
    Já lhe desejo um Feliz Natal e Feliz Ano Novo.
    Abraços, Carla.

  2. Artes Erica

    Oi Juliana, realmente é isso, tenho familiares que residem na Europa, e volta e meia eles também são bombardeados por este tipo de perguntas. Acho que para o mundo, os brasileiros sempre vão morar numa 'selva' e rodeados de 'animais selvagens'. Gostei de seu desabafo. Abraços abençoado Natal!

  3. Alex Paschoalini

    Ju, é assim mesmo. Também acham (e nós, brasileiros, entramos nessa) que a África é uma grande savana repleta de animais selvagens prontos para lhe devorar ou um deserto enorme onde alguns beduínos são vistos raramente em seus camelos. E olha que nós vivemos no mundo globalizado, onde o Google Earth nos dá detalhes pormenorizados dos lugares, se tivermos interesse em aprencer um pouco.
    Isso é fruto da educação preconceituosa e dirigida que quem domina o planeta impõe às pessoas. Para que desenvolver a curiosidade? É mais fácil decorar do que compreender; acumular conhecimento do que raciocinar. É mais fácil dominar quem executa do que quem pensa!
    Por isso me apaixonei pela filosofia, onde, antes de aceitar qualquer coisa, nos colocamos na condição de questionar o que realmente é verdade.
    Infelizmente as pessoas vivem hoje para aprender a sua profissão, ter seu salário, um carro novo, uma casa com piscina ou pomar… o resto não importa.
    Fazer o que? O negócio é continuarmos tentando dar um pouco de sede por conhecimento a essas pessoas.
    Bjs.
    Alex.

  4. Cristina Gabini

    Jú quem te conhece bem já imagina a sua cara como fica qdo perguntam esses horrores…kkkkkkkk do jeito que vc fala com os olhos….achei mto bacana vc compartilhar com as pessoas a sua indignação e coragem de enfrentar td isso e defender seu país…vc é uma guerreira…e isso é crescimento pessoal..vc volta outra pessoa com td ctz….;bjs querida e parabéns pela sua iniciativa…um Feliz Natal p/ vc…bjssssssssssssss

  5. Juliana Arthuso

    Olá Anna, eu realmente não quis ofender nenhum europeu (somente aqueles que me fizeram essas perguntas…hahaha). Eu sei perfeitamente que nenhum europeu é burro, e de forma alguma eu quis dizer isso com esse post. É REALMENTE só um retrato bem humorado e sarcástico das situações que eu passo por aqui. Só isso 🙂 Obrigado pelo comentário! bjos

  6. MINHA ARTE MINHA TERAPIA

    NOSSA JU QUE SUFOCO!!!! VC NAO FUGIU DESSE PAIS LINDO QUE VIVEMOS ACREDITO QUE VC ESTA AI PRA MOSTRAR UM POUCO DO QUE O BRASIL TEM DE BOM,PESSOAS COMO VC FAZEM A DIFERENÇA NESTE NOSSO PAIS E SAIBA QUE EU TE ADMIRO CADA DIA MAIS.DA UM SAMBADA AI OU ENSINA O FORRO DA ZAIRA AI ELES APRENDEM UM POUQUINHO DO BRASIL!!!!!HAHAHAHA AMO VOCE!!!!

  7. Anonymous

    E, e nos brasileiros agricultores, que estamos no pantanal do mato grosso, produzindo comida para esses ignorantes se alimentarem. Deixa, querida, o bom é que temos certeza que o índice de analfabetismo fora daqui é muito grande. E, por falar nisso, as holandesas ainda usam sapatos de madeira? deve ser madeira brasileira contrabandeada.boa sorte, e volte para nós.

  8. Anonymous

    Ahm… esqueci de esclarecer, o desmatamento, como também foi feito em todos os paises do mundo, destinava-se á formação de pastos para criar boi para o resto do mundo se alimentar, mas, face a tanta frescura dos importadores, a atividade tornou-se impraticavel,e as terras do pantanal e do alto mato grosso estão sendo arrendadas a bom preço para recuperação da degradação do solo, antes pastagens e plantar….soja…algodão… de cujos grãos o resto do mundo se alimenta…viva o BRASIL, celeiro do mundo.

  9. Anonymous

    Amei falar com voce, tão fácil, não falo em lugares que exigem até a fotografia da avó, ai, ficam aquelas videntes/ciganas/estrangeiras entrando na nossa casa e jogando virus no pc.
    Ha algum temo, vi num programa da Ophra, um conhecido ator, mais conhecido pelo tanto de pó branco que aspira, dizer que o brasil ganhou o direito de sediar as olimpiadas ( acho que é isso), pelo módico preço de 2 kl de po e algumas prostitutas. então esse conceito de prostitutas é quase generalizado, falando serio creio que o pó foi ele que forneceu, e as senhoras de vida boa, foram tiradas da industria do cinema e de loucas sediadas lá na terra deles, enfim, se nosso país não fosse tão bonzinho teria criado uma boa crise internacional

  10. Juliana Arthuso

    bom, no resto do mundo ninguém se alimenta de grão de algodão, e tb creio que essa soja vai pra ração ou outro fim que não o alimentar.
    A maioria dos alimentos exportados por nós não vem desse tipo de uso.

  11. Felipe Passos Caffaro

    Olá Juliana, tudo bem? vi que você foi aprovada pelo CSF para a Wageningen University, a mesma que eu quero tentar. Posso te fazer umas perguntinhas básicas?

    Estudo Engenharia Florestal na Universidade Federal do Paraná. Como foi a sua aceitação da Wageningen, tranquila? ela era a sua primeira opção? quais outras você conhece que poderiam aceitar graduandos da nossa área? eles fizeram alguma exigência específica assim, qual foi sua nota no teste de proficiência?

    Obrigado pela atenção!!!!!

    Felipe Passos Caffaro

  12. Juliana Arthuso

    Olá Anna, eu realmente não quis ofender nenhum europeu (somente aqueles que me fizeram essas perguntas…hahaha). Eu sei perfeitamente que nenhum europeu é burro, e de forma alguma eu quis dizer isso com esse post. É REALMENTE só um retrato bem humorado e sarcástico das situações que eu passo por aqui. Só isso 🙂 Obrigado pelo comentário! bjos

  13. Andreia

    Achei seu blog hoje, gostei muito eu rir dessas perguntas to na Holanda há 2 meses vi de Manaus Amazonas imagina quando eu falo isso rsrs eu relevo pois quando viajo no Brasil mesmo me perguntam como é viver com os índios aff respiro fundo a tamanha ignorância….
    Outro caso é quando meus amigos perguntam você ta na Holanda cuidado lá o povo anda drogado na rua e é cheio de prostitutas não conhecem mais julgam e aqui realmente quando fala-se em brasileira eles pensam logo que está a venda to aprendendo a engolir sapos as vezes quando tenho uma vontade enorme de dá uma resposta meu marido que também é brasileiro me olha como quem diz respira rsrs

  14. Juliana Arthuso

    rsrsrsrs sim, o negócio é rir pra não chorar! hahahah

    que bom q vc gostou andreia!
    se quiser assinar o blog é só clicar em “participar” ali no canto direito, espero poder fazer posts que todo mundo goste!
    abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *