Virando Gringa

Museum pass na Europa: bilhete único para museus, valem o preço? Amsterdam, Paris, Madrid e Florença

Amsterdam, Paris, Madrid e Florença são cidades muito visitadas na Europa pelos seus museus.
Quem já foi sabe que museu na Europa vai ter sempre algo legal pra ver, principalmente pra nós que temos um país de menos de mil anos.
Pelo menos pra mim, qualquer artigo medieval já fascina!
Museum Pass – O “Bilhete Único” dos museus
Muitas cidades famosas tem um Cartão que você pode comprar, pagando um preço único para visitar vários ou todos os museus de uma mesma cidade por um certo período. Alguns ainda vão mais longe: o Museum Pass fornece transporte público “de graça” (incluído no preço, nem sempre baixo).
Daí comecei a pensar: Será que o preço vale de verdade?
Queria mesmo fazer uma cobertura de todas as capitais de Europa, mas essa questão só me veio depois de certo tempo por lá. Então vou falar de quatro cidades que passei e comprei Museum Pass: Amsterdam, Paris, Madrid e Florença.
Atrás dessa coisa linda e fofíssima você vê o Rijks Museum em Amsterdam!
Amsterdam
O bairro mais popular da minha cidade mais amada no mundo abriga numa mesma praça: O Museu do Van Gogh, o RijksMuseum, e o Stedelijk!
Bom, pra começar o Rijks foi restaurado em 2013, ficou um tempão coberto de uma fachada falsa de papel enquanto o pessoal trabalhava lá dentro. Já vale o Museum Pass só pra ver as coisas novas lá dentro. O Stedelijk vale pelas obras modernas, principalmente se você tiver experimento especialidades holandesas antes de entrar no museu. O Van Gogh não preciso nem dizer.
Ok, se você não for tão MALUCO POR MUSEUS como eu, analise os preços:
Esses museus ficam todos praticamente no mesmo lugar. A casa da Anne Frank também fica pertinho dali. O Iamsterdam City Card, tem preços para 24 hours (47 euros), 48 hours (57 euros) ou 72 hours (67 euros). Tudo bem, o preço não é baixo, eu sei. Mas pense: o cartão inclui uma volta de barco pelos canais da cidade, um ticket para uso ilimitado do transporte público lindo de Amsterdam, descontos em aluguel de bicicletas, e outras atrações como a Heineken Experience (que tem cerveja de graça, principalmente se você tiver paciência pra esperar a galera largar um copo cheinho e sair da exibição sem beber! – tem toda uma história por trás disso, mas deixa pra outro post).
Veja bem: a casa de Anne Frank custa 9 euros, o Rijks custa 17.50 com desconto de 2.50 para quem tem o cartão. O cartão de transporte custa 7.50 por dia, e os outros museus vão na faixa dos 10 a 15 euros. Como estão todos perto, se você estiver disposto dá pra ir em tudo em dois dias. Compensa comprar o cartão com certeza!!

 
 
Madrid
Madri tem muitos museus de arte, que são prioridade numa visita lá. 
Os três principais são o Prado, o Thyssen-Bornemisza e Reina Sofía
O cartão, que te dá entrada grátis pra mais de 50 museus, incluindo os três principais, tem o seguinte: 24 hours (47 euros), 48 hours (60 euros), 72 hours (63.65 euros) ou 120 hours (73.15 euros). 
Pra mim ele é a cara do Louvre. Vai ver são primos.
Diferente do cartão de Amsterdam pass, não tem o transporte público incluído, mas inclui descontos em restaurantes, e lojinhas como o Hard Rock Cafe. Quem tem o cartão também tem prioridade na fila de qualquer museu. 
 
Porém, o preço do cartão de 24 horas é maior do que o preço pra entrar nos três principais museus + o Royal Palace!
E, te digo, assim como os museus de Amsterdam, os museus de Madrid exigem tempo!
Então o cartão de Madrid só vale se você ficar na cidade por mais de 72 horas.
Paris
O Museum Pass de Paris acabou sendo o melhor de todos. Ele oferece entrada prioritária para mais de 60 museus incluindo o Louvre, Ste.-Chapelle, Musée d’Orsay, Musée Rodin, Centre Pompidou e Versailles!!! É tudo que você precisa de Paris!
Pra mim a maior vantagem de ir pra Paris é ficar fazendo foto idiota.
 O melhor deste, é que permite um número ilimitado de visitas, então se você quiser gastar 3 dias no Louvre, você pode.
Os precinhos: 2 dias: 42 euros, 4 dias: 56 euros, ou 6 dias: 69 euros. MEU, esse último sai por quase 10 reais por dia pra ver o que você quiser, a hora que você quiser! Mon dieu!! 
É o dobro dos privilégios de Amsterdam e Madrid, com direito a Baguete e Macarron.

Florença ou Firenze
O passe de Florença inclui acesso a mais de 60 museus, assim como Paris. Além de jardins nos arredores da cidade. Inclui também transporte público grátis, mas em Florença não compensa muito porque é tudo tão pertinho, compensa ir à pé.
O preço subiu em 2011, de 50 para 72 euros.

Galleria degli Uffizi é esse esquema, gente nua deitada no chão

Quem vai passar pouco tempo, pra ir só na Galleria degli Uffizi e na Accademia, não vão economizar com o Museum Pass, e recomendo mesmo comprarem os tickets separados. Porém se você está a fim de ver mais atrações como o Palazzo Pitti, Boboli Gardens, Medici Chapels, Bargello e o Palazzo Strozzi, isso só pra citar porque tem muito mais pra ver….BOM, daí melhor você pegar o cartão, mesmo que tenha subido 22 euros, ainda compensa nesse caso!
Boa Viagem!

Precisa de hospedagem barata em qualquer lugar do mundo?
Reserve por Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!
E que tal visitar museus pela Europa sem fila?
Reserve com o TicketBar Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!


Quer saber tudo e mais um pouco sobre veneza?
Compre o e-book! Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!


Related Posts

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *