Virando Gringa

Passeio de trem bate-volta Curitiba – Morretes – Paranaguá – Ilha do Mel

O Passeio de Trem saindo de Curitiba até Morretes é um dos mais conhecidos da região sul do Brasil, e é muito procurado por quem visita Curitiba como turista, mas também pelos moradores.

Neste post você encontra: informações sobre o Passeio de Trem saindo de Curitiba até Morretes, e também como ir de lá até a Ilha do Mel, preços, tempo e claro, muitas fotos!

Roteiros de um ou dois dias

Na verdade, existem vários pacotes, conforme você vai ver ao longo deste post. A Serra Verde Express oferece pacotes de 1 dia ou 2 dias, indo para Paranaguá, Antonina, Ilha do Mel, e Morretes. Mais no final do post você pode ver todas as opções.

O que eu já fiz e posso falar é o seguinte:

Roteiro de 1 dia ficando em Morretes: Pegue o trem em Curitiba e vá até Morretes. Passe o dia curtindo Morretes, comendo barreado, tomando cachaça e comendo bananinha, andando de caiaque e nadando do rio! Depois pegue um ônibus de Morretes até Curitiba pela BR-277.

Roteiro de 1 dia indo até Paranaguá: O mesmo trem que sai de Curitiba e vai até Morretes, também pode continuar até Paranaguá. A escolha é sua de parar, ou não parar, nas cidades que estão pelo caminho do trem.

Roteiro de 2 dias Morretes +  Ilha do Mel: Pegue o trem em Curitiba e vá até Morretes. Passe o dia curtindo Morretes, etc…Depois pegue o ônibus para Paranaguá. De lá pegue o barco para a Ilha do Mel e passe mais um dia curtindo a Ilha mais conservada do Sul do Brasil!

Mas atenção: se você for viajar no mesmo dia, ou seja, passar o dia em Morretes e depois ir para Paranaguá pode ser que você não consiga atravessar para a Ilha do Mel.

A maioria dos barcos pára suas atividades por volta das 17h30 da tarde devido à subida da maré, alguns funcionam um pouco mais tarde, mas não é recomendável chegar em cima da hora.

Se você tem um final de semana disponível, durma em Morretes e saia bem cedinho para ir à Ilha do Mel.

Pode ser até que você consiga encontrar barcos que façam a travessia à noite mas é muito perigoso, e provavelmente estes barcos serão clandestinos.

Fiz esse passeio em março de 2016, com meu namorado, pois queríamos levar meu colega de intercâmbio Thibault para conhecer a Mata Atlântica. O Thib é Belga e ficou muito interessado em conhecer como seria um trem no Brasil, já que ele pensava que não existiam trens de passageiro aqui no nosso país. E quase não existem mesmo. São muito poucos se comparados à malhas ferroviárias domésticas de Bélgica ou Holanda.

M

M

Ticket para o passeio de trem

Você pode comprar por telefone (41) 3888-3488, ou pela internet, ou mesmo ao vivo na Rodoviária de Curitiba (Avenida Presidente Affonso Camargo, 330).

Toda informação está no site da Serra Verde Express, que é a empresa que cuida desse trem. Já vou avisando algumas coisas: os preços não são dos mais humildes não. Mesmo assim, as vagas acabam rápido, principalmente em dias de sol, pois nesses dias a vista da janelinha do trem é muito mais bonita.

Passeio

O percurso de trem dura de 3 a 4 horas. O trem vai absurdamente devagar, tipo 40km/h, o que é bom quando você chega lá na parte de Mata Atlântica e pode realmente apreciar a vista até enjoar. E tirar muita foto.

Mas enquanto você ainda está na cidade, torna-se um pouco cansativo.

No ticket mais barato (que foi o que nós compramos, claro), recebemos um lanchinho de uma bolacinha e um suco ou refri (coca-cola daquelas latinhas de 150ml). Então é legal você levar uma coisinha para comer, pois ficar o dia todo no trem sentada e com fome é um pouco agonizante, e comer só uma bolachinha não vai te saciar.

O trem sai pela manhã (8h). Não chegue atrasado, pois ele VAI sair sem você! Daí até chegar em Morretes vão umas 3 ou 4 horas até chegar na cidade, onde você pode almoçar. Até Paranaguá são mais umas 2 horas.

Nós descemos em Morretes e passamos o dia lá.

Paisagem do passeio de trem

 

No Roteiro de um dia, o passeio de volta (Morretes-Curitiba) pode ser feito de trem, ou de ônibus pela BR-277. Pra gente compensou mais de ônibus, pois é mais rápido, mais barato e já estava noite então nem compensava a gente ir pelo trem, pois não iria ver nada.

O passeio é realmente muito bonito! E Morretes também é uma graça! Chegando lá você pode fazer trilhas com ou sem guia, e pode nadar no rio que fica um pouco afastado da cidade.

morretes-ilha-do-mel-passeio-how-to-get-from-paranagua-island-honey-parana-curitiba-beach-boat-brazil-south-16 morretes-ilha-do-mel-passeio-how-to-get-from-paranagua-island-honey-parana-curitiba-beach-boat-brazil-south-17

Lá também tem guias de canoagem, e pequenos caiaques para alugar. Num dia de calor é uma delícia.

morretes-ilha-do-mel-passeio-how-to-get-from-paranagua-island-honey-parana-curitiba-beach-boat-brazil-south-15Fundada em 1721, Morretes tem muitas opções para ecoturismo devido a sua localização privilegiada em meio à Mata Atlântica. Atrações gastronômicas também são um ponto forte desta pequena e antiga cidade, além das construções históricas, que é o que mais atrai turistas de todo Brasil. Descer a serra e passar o domingo em Morretes já é uma opção natural dos curitibanos nos finais de semana! Os eventos mais conhecidos desta cidade são: Festa da Cachaça, Passeio Ciclístico, Festa Feira Agrícola e Artesanal, Festival de Inverno, Festa do Barreado. Visite o site de turismo da prefeitura de Morretes!

It’s Magical!

Nós não fizemos, mas você pode continuar com o trem até Paranaguá.

Paranaguá, assim como Morretes, também é uma cidade histórica. Foi fundada em 1648 e mantém grande parte de suas construções ainda conservadas. A construção da ferrovia ligando Curitiba à Paranaguá deu grande impulso ao desenvolvimento da cidade na sua época de ouro e hoje, o porto de Paranaguá e o segundo porto em volume de carga do Brasil! Pode ser uma viagem informativa além de ser uma viagem de contato com a natureza. O que tem pra ver em Paranaguá: Mercado da Arte, Casario Colonial, Museu de Arqueologia e Etnologia. Falo assim listado porque não fiz um passeio completo por Paranaguá (não deu tempo). Fiquei em Morretes e Ilha do Mel, que já são fantásticas. Essas informações sobre Paranaguá são do site da prefeitura.

Roteiro de dois dias

Como ir para a Ilha do Mel

 

Tem gente que gosta de embalar o passeio de Trem com uma visita à Ilha do Mel. Para planejar seu tempo considere que você pode pegar um barco em Paranaguá que demora duas horas até a Ilha, ou pode ir de ônibus de Morretes até Pontal do Paraná para embarcar na balsa ou barco para a Ilha do Mel. A ilha também é linda. Vale mais a pena do que ficar nas cidades, afinal MAR É MAR!

[Atualização de 2017] – as rotas mudaram!
Antes aqui no blog eu dava dica de pegar um ônibus Morretes – Pontal do Sul, porém este ônibus não é mais encontrado, então você tem duas alternativas:
1 – A viação graciosa que faz morretes-paranaguá, que como eu disse tem barco para ir à Ilha do Mel, e o barco demora 2 horas.
2 – Pegar o ônibus Morretes-Paranaguá, e depois um ônibus de Paranaguá até Pontal do Paraná, ou Pontal do Sul, pois o barco a partir de pontal do sul demora só meia hora.
No caso de você ficar muito enjoado com barcos (como eu), é melhor ficar mais tempo no busão 😛

Pontal do Sul é um balneário incluído dentro do município de Pontal do Paraná, por isso para comprar o ônibus pela internet é preciso procurar por Pontal do Paraná, e não Pontal do Sul.

Para saber horários e preços, confira no site da rodoviária, abaixo.

Se tiver com grana sobrando, você também pode escolher  o passeio com emoção, pela Calango.

  • Morretes até a Ilha do Mel de lancha: Calango Expedições. Viagem de cerca de 1h em uma lancha, o custo aproximado de R$120,00 por pessoa (verifique o custo do transporte de Morretes até o embarque de onde sai à lancha no site deles).

Dica: Cuidado com passeios de lancha, verifique se é licenciada, se tem colete salva-vidas, se o motorista é de confiança. E se bater a intuição não entre. Já houve acidente nesses locais, e é sempre recomendado pegar os barcos licenciados e listados na prefeitura.

Eu particularmente prefiro o passeio de barco de 2 horas a R$30,00. Mas eu sou mão-de-vaca, né!

  • Dicas para a Ilha do Mel

Cuide do seu lixo, p*rra! Ninguém é obrigado a catar o seu lixo. SÓ VOCÊ!

Num lugar tão lindo como uma praia brasileira, como é possível alguém achar que pode jogar lixo no chão e largar lá? Como?

Se você vai levar coisas que geram lixo, cuide do seu lixo, bote na sacolinha e leve embora, bote na mochila e leve nas costas, faça o que você quiser, MAS NÃO DEIXE O LIXO NA PRAIA! NINGUÉM MERECE!

Se você acha que estou exagerando, veja esta foto de São Vicente – SP.

lixo-praia-sao-vicente-sp

A ILHA DO MEL É LIMPA! E QUEREMOS QUE ELA CONTINUE ASSIM PARA SEMPRE. Então por favor, gente. Cuide do seu próprio lixo.

Atente-se para o limite de pessoas

A Ilha do Mel é uma reserva ecológica e o limite, por dia, é de 5 mil pessoas. É bastante gente se pensar bem, e ajuda a conservar a ilha, que é limpa, linda, e maravilhosa.

Mesmo que você decida ficar em Morretes, dá para nadar no rio, andar de caiaque, e comer comida muito boa. Além de comprar doce de banana, goiabada e cachaça local nas feiras de artesanato. Realmente vale a pena este passeio!

Procure as opções de pacotes e passeios no site da Serra Verde Express

 

Telefones úteis e sites

Rodoviária de Curitiba (+55 41 3320 3000 :: www.rodoferroviaria.com.br)

Viação Graciosa (ônibus) (+55 41 3213 5511 :: www.viacaograciosa.com.br)

Serra Verde Express (+55 41 3888 3488 :: www.serraverdeexpress.com.br)

Precisa de hospedagem barata em qualquer lugar do mundo?
Reserve por Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!
E que tal visitar museus pela Europa sem fila?
Reserve com o TicketBar Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!


Quer saber tudo e mais um pouco sobre veneza?
Compre o e-book! Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!


Related Posts

Leave a Reply

11 comentários sobre “Passeio de trem bate-volta Curitiba – Morretes – Paranaguá – Ilha do Mel

  1. Fernanda

    Que passeios gostosos! Eu amo passeios de trem. Já fiz dois: um que saía de Campinas até Jaguariúna e outro em Bento Gonçalves. É uma delícia porque a gente fica conhecendo a região todinha!

    Tenho muita vontade de conhecer a Ilha do Mel. Já ouvi dizer que é lindíssima!

    Beijinhos

    1. admin Autor da Postagem

      Oi Sarah,
      Como eu moro em Curitiba, só gastei o dinheiro do trem e ônibus de volta, e levei lanchinhos de casa. Comemos um almoço legal em Morretes por 30 reais por pessoa (mas era bem farto) com comida típica da região (o barreado), e foi só isso mesmo de gastos.
      Obrigada pelo comentário

      1. Jaqueline

        Olá, gostaria de saber se dá tempo de chegar em Morretes (pelo pacote da serra verte express – Curitiba-Morretes) e ir particular para a Ilha do Mel e voltar novamente para pegar o trem em Morretes de volta a Curitiba. Foi assim que você fez?

        Obrigada

        1. admin Autor da Postagem

          Oi Jaqueline,
          No mesmo dia é difícil. O trem demora 4 horas pra chegar em Morretes, daí chega lá meio-dia, almoça e curte o dia em Morretes.
          Daí dorme lá ou pega um ônibus pra Pontal do Sul e dorme em Pontal do Sul. E aí de Pontal do Sul pega um barco pra Ilha do mel pra passar um dia.
          Da ilha até Curitiba vai ter ônibus daí (saindo de Pontal do Sul).
          Acho que esse é o melhor roteiro pois dá pra fazer em um final de semana.

          Eu fiz um passeio mais longo, pois moro em Curitiba dai fica mais fácil pra mim. Vou reformular o post para ficar mais claro.
          Obrigada pelo seu comentário, volte sempre 😉

        2. maria angelina

          Boa tarde!!! è possível fazer o passeio de trem até Morretes, passar o dia lá e a tarde pegar o onibus para Pontal do Sul e embarcar para Ilha do Mel no mesmo dia?

          1. admin Autor da Postagem

            Oi maria,
            Você pode pegar o ônibus tranquilamente, porém NÃO é uma boa ideia ir para a Ilha do Mel depois das 17h porque a maré começa a subir, e muitos barcos não fazem a travessia porque é muito perigoso.
            Se ficar tarde você corre o “risco” de ter que dormir em Pontal do Sul e ir para a Ilha somente de manhã.
            Não recomendo pegar barcos clandestinos que façam a travessia depois do horário que a maré sobe, porque já fiz a travessia no limite do horário em outras ocasiões em um barco particular e passei muito medo!!!
            Acho que vale mais a pena vc dormir em morretes e aí viajar como você quer, ou então pegar o ônibus no mesmo dia, daí dormir em pontal do sul e pegar um barco de manhã super cedo pra ilha do mel, se estivesse no seu lugar faria este último.
            um abraço

  2. Luiz Felipe Correa

    Ola Juliana, sou do Rio de Janeiro e vou para Curitiba dia 27/12/2017 e retornarei em 01/01/2018. Já reservei lugar na Ilha do Mel para um dia 28 a 29/12. Vou para Morretes de Trem mais ainda não reservei. estou querendo ir par ilha a partir de Pontal do sul que é mais rápido, porem estou com uma dúvida. Vou falou para ir de ônibus de Morretes para Pontal, só que andei pesquisando e pelo que entendi não há linha de ônibus Morretes – Pontal do Sul, é isso mesmo. Então como ir de uma maneira mais em conta?
    UM abraço

    Luiz Felipe

    1. admin Autor da Postagem

      Oi Luiz,
      Primeiramente Obrigada por ter falado isso, vou esclarecer no post que as rotas mudaram!
      Como alternativa temos:
      1 – A viação graciosa que faz morretes-paranaguá, que também tem barco pra ir à Ilha do Mel, mas o barco demora 2 horas.
      2 – pegar o ônibus de morretes paranaguá, e depois um ônibus de paranaguá até pontal do sul, pois o barco de pontal do sul demora só meia hora.
      No caso de você ficar muito enjoado com barcos (como eu), é melhor ficar mais tempo no busão 😛

      Talvez vc possa tentar, quando for fazer a busca no google procurar por “Pontal do Paraná”, pois Pontal do Sul é um balneário incluído dentro do município de Pontal do Paraná.

      abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *