Virando Gringa

Passeio de trem bate-volta Curitiba – Morretes – Paranaguá – Ilha do Mel

O Passeio de Trem saindo de Curitiba até Morretes é um dos mais conhecidos da região sul do Brasil, e é muito procurado por quem visita Curitiba como turista, mas também pelos moradores.

Neste post você encontra: informações sobre o Passeio de Trem saindo de Curitiba até Morretes, como ir de lá até Paranaguá e Ilha do Mel, preços, tempo e claro, muitas fotos!

Fiz esse passeio em março de 2016, com meu namorado, pois queríamos levar meu colega de intercâmbio Thibault para conhecer a Mata Atlântica. O Thib é Belga e ficou muito interessado em conhecer como seria um trem no Brasil, já que ele pensava que não existiam trens de passageiro aqui no nosso país. E quase não existem mesmo. São muito poucos se comparados à malhas ferroviárias domésticas de Bélgica ou Holanda.

M

M

Ticket para o passeio de trem

Você pode comprar por telefone (41) 3888-3488, ou pela internet, ou mesmo ao vivo na Rodoviária de Curitiba (Avenida Presidente Affonso Camargo, 330).

Toda informação está no site da Serra Verde Express, que é a empresa que cuida desse trem. Já vou avisando algumas coisas: os preços não são dos mais humildes não. Mesmo assim, as vagas acabam rápido, principalmente em dias de sol, pois nesses dias a vista da janelinha do trem é muito mais bonita.

Passeio

Dura aproximadamente 3 horas. O trem vai absurdamente devagar, tipo 40km/h, o que é bom quando você chega lá na parte de Mata Atlântica e pode realmente apreciar a vista até enjoar.

Mas enquanto você ainda está na cidade, torna-se um pouco cansativo.

No ticket mais barato (que foi o que nós compramos, claro), recebemos um lanchinho de uma bolacinha e um suco ou refri (coca-cola daquelas latinhs de 150ml). Então é legal você levar uma coisinha para comer, pois ficar o dia todo no trem sentada e com fome é um pouco agonizante, e comer só uma bolachinha não vai te saciar.

O trem sai pela manhã (8h). Não chegue atrasado, pois ele VAI sair sem você! Daí até chegar em Morretes vão umas 3 ou 4 horas até chegar na cidade, onde você pode almoçar. Até Paranaguá são mais umas 2 horas.

O passeio de volta pode ser feito de trem, ou de ônibus. Pra gente compensou mais de ônibus, pois é mais rápido, mais barato e já estava noite então nem compensava a gente ir pelo trem, pois não iria ver nada.

O passeio é realmente muito bonito! E Morretes também é uma graça!

Chegando lá você pode fazer trilhas com ou sem guia, e pode nadar no rio que fica um pouco afastado da cidade.

morretes-ilha-do-mel-passeio-how-to-get-from-paranagua-island-honey-parana-curitiba-beach-boat-brazil-south-16 morretes-ilha-do-mel-passeio-how-to-get-from-paranagua-island-honey-parana-curitiba-beach-boat-brazil-south-17

Lá também tem guias de canoagem, e pequenos caiaques para alugar. Num dia de calor é uma delícia.

morretes-ilha-do-mel-passeio-how-to-get-from-paranagua-island-honey-parana-curitiba-beach-boat-brazil-south-15Fundada em 1721, Morretes tem muitas opções para ecoturismo devido a sua localização privilegiada em meio à Mata Atlântica. Atrações gastronômicas também são um ponto forte desta pequena e antiga cidade, além das construções históricas, que é o que mais atrai turistas de todo Brasil. Descer a serra e passar o domingo em Morretes já é uma opção natural dos curitibanos nos finais de semana! Os eventos mais conhecidos desta cidade são: Festa da Cachaça, Passeio Ciclístico, Festa Feira Agrícola e Artesanal, Festival de Inverno, Festa do Barreado. Visite o site de turismo da prefeitura de Morretes!

It’s Magical!

Paranaguá, assim como Morretes, também é uma cidade histórica. Foi fundada em 1648 e mantém grande parte de suas construções ainda conservadas. A construção da ferrovia ligando Curitiba à Paranaguá deu grande impulso ao desenvolvimento da cidade na sua época de ouro e hoje, o porto de Paranaguá e o segundo porto em volume de carga do Brasil! Pode ser uma viagem informativa além de ser uma viagem de contato com a natureza. O que tem pra ver em Paranaguá: Mercado da Arte, Casario Colonial, Museu de Arqueologia e Etnologia. Falo assim listado porque não fiz um passeio completo por Paranaguá (não deu tempo). Fiquei em Morretes e Ilha do Mel, que já são fantásticas. Essas informações sobre Paranaguá são do site da prefeitura.

Ir para a Ilha do Mel

Tem gente que gosta de embalar o passeio de Trem com uma visita à Ilha do Mel. Para planejar seu tempo considere que você pode pegar um barco em Paranaguá que demora duas horas até a Ilha, ou pegar um ônibus em Pontal do Sul para embarcar na balsa ou barco para a Ilha do Mel, que demora daí só alguns minutos. A ilha também é linda. Vale mais a pena do que ficar nas cidades, afinal MAR É MAR!

De ônibus de Morretes a Paranaguá pela Viação Graciosa (viagem: 1 hora, R$ 5,00).

Da rodoviária de Paranaguá até o Embarque para Ilha do Mel são 5 quadras, o tempo de navegação até a Ilha do Mel é de 2h e o preço R$ 30,00 (total ida e volta). Na Alta Temporada há 5 barcos diários, na baixa somente dois barcos. O barco faz 2 paradas, você pode escolher a “Encantadas” se quiser ver o forte e o farol.

Se tiver com grana sobrando, você também pode escolher  o passeio com emoção, pela Calango.

  • Morretes até a Ilha de lancha: Calango Expedições. Viagem de cerca de 1h em uma lancha, o custo aproximado de R$120,00 por pessoa (verifique o custo do transporte de Morretes até o embarque de onde sai à lancha no site deles).

Cuidado com passeios de lancha, verifique se é licenciada, se tem colete salva-vidas, se o motorista é de confiança. E se bater a intuição não entre. Já houve acidente nesses locais, e é sempre recomendado pegar os barcos licenciados e listados na prefeitura.

Eu particularmente prefiro o passeio de barco de 2 horas a R$30,00. Mas eu sou mão-de-vaca, né!

  • Dicas para a Ilha do Mel

Cuide do seu lixo, p*rra! Ninguém é obrigado a catar o seu lixo. SÓ VOCÊ!

Num lugar tão lindo como uma praia brasileira, como é possível alguém achar que pode jogar lixo no chão e largar lá? Como?

Se você vai levar coisas que geram lixo, cuide do seu lixo, bote na sacolinha e leve embora, bote na mochila e leve nas costas, faça o que você quiser, MAS NÃO DEIXE O LIXO NA PRAIA! NINGUÉM MERECE!

Se você acha que estou exagerando, veja esta foto de São Vicente – SP.

lixo-praia-sao-vicente-sp

A ILHA DO MEL É LIMPA! E QUEREMOS QUE ELA CONTINUE ASSIM PARA SEMPRE. Então por favor, gente. Cuide do seu próprio lixo.

Atente-se para o limite de pessoas:

A Ilha do Mel é uma reserva ecológica e o limite, por dia, é de 5 mil pessoas. É bastante gente se pensar bem, e ajuda a conservar a ilha, que é limpa, linda, e maravilhosa.

Mesmo que você decida ficar em Morretes, dá para nadar no rio, andar de caiaque, e comer comida muito boa. Além de comprar doce de banana, goiabada e cachaça local nas feiras de artesanato. Realmente vale a pena este passeio!

Telefones úteis e sites

Rodoviária de Curitiba (+55 41 3320 3000 :: www.rodoferroviaria.com.br)

Viação Graciosa (ônibus) (+55 41 3213 5511 :: www.viacaograciosa.com.br)

Serra Verde Express (+55 41 3888 3488 :: www.serraverdeexpress.com.br)

Thanks for installing the Bottom of every post plugin by Corey Salzano. Contact me if you need custom WordPress plugins or website design.

Related Posts

4 comentários sobre “Passeio de trem bate-volta Curitiba – Morretes – Paranaguá – Ilha do Mel

  1. Fernanda

    Que passeios gostosos! Eu amo passeios de trem. Já fiz dois: um que saía de Campinas até Jaguariúna e outro em Bento Gonçalves. É uma delícia porque a gente fica conhecendo a região todinha!

    Tenho muita vontade de conhecer a Ilha do Mel. Já ouvi dizer que é lindíssima!

    Beijinhos

    1. admin Autor da Postagem

      Oi Sarah,
      Como eu moro em Curitiba, só gastei o dinheiro do trem e ônibus de volta, e levei lanchinhos de casa. Comemos um almoço legal em Morretes por 30 reais por pessoa (mas era bem farto) com comida típica da região (o barreado), e foi só isso mesmo de gastos.
      Obrigada pelo comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CURTA!