Virando Gringa

Review: Hotel Best Western Tarobá em Foz do iguaçu

 

Neste post vou falar sobre um hotel em Foz do Iguaçu que tive a oportunidade de ficar durante um congresso. Foz do Iguaçu é uma das cidades mais turísticas do Brasil, talvez da América Latina inteira… Então vale muito a pena saber onde se hospedar nessa cidade.

Se quiser saber mais sobre minha viagem para Foz, confira no instagram!

Parque das Cataratas, Lado Argentino

Essa é minha Primeira Review!

Vou começar uma nova categoria de posts aqui no blog, com Reviews de locais. Desde hotéis, hostels, restaurantes, lugares pra trabalhar remoto…Tudo que eu achar que tem a ver com uma viagem independente, minimalista e econômica. Às vezes diferente disso. Tá sendo espontâneo e no momento vamos ver no que dá hauheuehueha

É sua primeira visita?

O foco desse blog é viagem barata, então esse hotel foge um pouco do que sempre publicamos por aqui. Afinal a maioria das reviews que tenho engatilhadas são sobre Hostels, ou como alguns chamam: albergues da juventude.

Ei, leitores, não achem que eu mudei. Apenas aproveitei o congresso pra conhecer um lugar diferente e testar outras formas de hospedagem. Já que a maioria das minhas viagens foi sempre no mesmo tipo de local, dessa vez mudei um pouco. No fim serviu pra confirmar que o que eu gosto mesmo é de Hostel e Albergue, mas pode deixar que vou explicar tudo direitinho, assim você mesmo faz a escolha certa para o seu estilo de viagem. No pressure!

Review = Vale a pena?

O que é uma Review? É uma descrição de um local sob o meu ponto de vista, ou seja, uma “revisão”, uma “resenha” sobre um local.

É a mesma coisa quando vocês me mandam uma mensagem falando “Ju, ir pra esse lugar vale a pena?“. Vale! Todo lugar vale a pena, pra algumas pessoas mais, pra outras menos. Por isso, com esse tipo de post eu vou responder o maior número de pessoas que for possível 🙂

Não necessariamente uma review é sempre positiva, afinal todos temos opiniões próprias. O que vou fazer aqui é listar tudo de forma neutra, para que você tome a decisão! Esse é meu modelo de review, tem um monte de gente que faz assim. E tem um monte de gente que faz de formas mais agressivas, ou muitas vezes ao contrário, só elogiam porque receberam patrocínio de hospedagem.

Aqui não é o caso. É apenas um relato. Resolvi separar a review que nem a galera do Choque de Cultura: Pontos Fortes primeiro e Pontos Fracos depois. Notem que os pontos fortes e fracos são apenas diferenças de pontos de vista de diferentes viajantes. Tire suas próprias conclusões!

Pontos fortes do Hotel Western Tarobá

1 – Limpeza impecável: Não tenho do que reclamar nesse hotel. Tudo é muito bem cuidado.

Tem política de reaproveitamento de toalhas, de rosto ou de banho. Você só troca se avisar eles que quer trocar, ou seja diminui os gastos de água de ficar lavando centenas de toalhas todo dia já que nem todo mundo quer trocar de toalha todo dia. Quem troca de toalha todo dia em casa?

2 – Tudo funciona e os quartos tem uma vista legal: Tudo no quarto funcionava perfeitamente bem, ar condicionado silencioso.

A TV eu nem usei (não assisto), mas o banheiro, o chuveiro, tudo estava perfeito. A vista do quarto era bem legal, mas dai depende se você escolher o lado direito ou esquerdo do hotel. Esse quarto ficava do lado direito do corredor 😉

3 – Piscina – Nesse hotel uma piscina com deck de madeira, cadeiras pra sentar e ficar tomando sol e um banheiro só pra área das piscinas. Bem tranquilo. Tem um bar também. O serviço de bar é muito bom, os drinks que eu pedi estavam super bem feitos!

O preço é dentro do esperado num bar de hotel, então um pouco acima do bar da esquina mas ainda assim possível de pegar um drink e não ficar sem grana pra passeios. A caipirinha foi R$ 12.

Piscina limpinha, vista legal, banheiro exclusivo para quem tá na piscina, e sempre limpo também. Quando eu fui nem tinha muita gente, então a piscina foi quase exclusiva.

Vantagens de viajar fora de temporada!

4 – Localização muito boa: O hotel fica no centro. É bem perto da estação de ônibus, onde é possível ir pra todo lado. E ainda tem o zoológico entre o hotel a estação, passei lá várias vezes nessa viagem porque a entrada é de graça.

5 – O café da manhã é ótimo e bem servido (para quem come carne)

Os atendentes da cozinha são muito gentis e atenciosos! Uma das garçonetes deu várias dicas de passeio e onde almoçar e jantar barato (onde ela pegava marmitex).

No café tinha salsicha no molho vermelho, no outro dia tinha linguiça calabresa muito gostosa também, sempre tinha ovo mexido, pão francês normal, pão de forma, presunto, mussarela. Tinha dois tipos de bolo, alguns biscoitos doces pra sobremesa, frutas, iogurte, sucrilhos, aveia, leite, café já com açúcar, suco.

6 – A sala de jogos é boa pra entreter crianças…e um pouquinho os adultos infantis também ahuehueha

7 – Tem vários tipos de quarto, ou seja, um deles vai acabar se encaixando no seu orçamento

O hotel tem quartos do tipo “Standard” e do tipo “Superior”.

A diferença está basicamente na metragem dos quartos e nos serviços. Todos os apartamentos tem ar-condicionado, não importa a categoria. Isso é muito bom pois Foz é um lugar quente!

Continuando a explicação, os quartos superiores são sempre maiores. Eles tem a opção para 2 pessoas, 3 pessoas no standard e superior, porém para viajante individual só tem o tipo “Individual Superior”.

Sugestão de melhoria

Destinar alguns quartos para “Individual Budget” para atrair o viajante novo, que não tem condições de pagar pelo superior, mas ainda assim quer ir pra foz num quarto privativo.

Pontos fracos do Hotel Western Tarobá

1 – Organização de visitas: Ninguém sabia dizer muito bem onde deveríamos ir. Tem as atrações mais típicas de Foz do Iguaçu que eu li antes da viagem. Quando cheguei no hotel não tinha por exemplo um guia de Foz escrito em algum lugar…Ficamos dependendo das opiniões de cada atendente da agência, e eu acho que o turista tem que escolher sozinho diante de descrições detalhadas dos lugares, já que paga a agência para levar em passeios.

Mas é pra isso que existem os blogs né? O Hotel fez muito bem em ter parceria com os blogs, pois assim disponibiliza visão pessoal de um leitor sobre cada atração, e pode ser variado pois são vários blogs que fizeram essa interação valiosa com o hotel.

Eu sou viajante independente, e me virei facilmente, mas fiquei imaginando uma família com crianças, ou alguém que não tenha tempo ou não goste de pesquisar sozinho antes da viagem… iam ficar bem perdidos no contexto ali.

Sugestão de melhoria

Deixo a sugestão pro hotel de pensar numa estruturação dos passeios e apresentação de roteiros variados para os hóspedes. Por exemplo “Foz do Iguaçu em um fim de semana”, “Foz do Iguaçu em uma semana”, “Principais museus de Foz do Iguaçu” e por aí vai. Os blogueiros podem vender este tipo de guia para o hotel.

2 – A delimitação entre agência e hotel fica vaga: A agência era basicamente um balcão dentro do saguão do hotel, e para muitos hóspedes parecia ser a única opção de passeio. Isso é um pouco confuso, eu não soube dizer se a agência pertencia ao hotel ou alugava um espaço dentro dele.

Além disso se a agência ficasse de frente pra rua poderia receber pessoas que se hospedam em outros hoteis ou hostels e ganhar mais clientes.

3 – Café da manhã não é suficiente para vegetarianos: Eu como carne, então para mim o café da manhã estava incrível! Porém, nesta viagem estava acompanhada de um vegetariano e pra ele foi bem difícil porque não tinha opções suficientes.

Os salgados (enroladinhos, esfihas e coisas do gênero) sempre tinham presunto, calabresa, carne moída ou frango. As opções quentes eram salsicha, linguiça, coisas parecidas e ovo mexido. Eu adorei, mas meu acompanhante comeu basicamente ovo e queijo todos os dias. É uma comida adequada e gostosa, mas quando se paga por um hotel, espera-se comer com uma variedade maior de pratos. Acredito que seja fundamental o hotel se modernizar e atender a todo tipo de cliente para aprimorar ainda mas um serviço que já vem funcionando bem.

Sugestão de melhoria

Esse problema é facilmente resolvido com salgadinhos vegetarianos, e aumentando os tipos de queijo disponíveis (pra dar uma variada!). Além disso, colocar outras opções de pão seria interessante e não é tão caro de fazer.

4 – Preço

Para quem é mochileiro, fica um pouco caro. Esse hotel é mais pra quando você está a fim de uma viagem mais “patrão”, ou seja quando você não mede muito quanto vai gastar. Definitivamente não é um hotel “budget“, nem um hostel.

Por sinal, se eles inaugurassem uma parte mais barata (budget) dentro do mesmo hotel, é possível que atraia mais gente.

5 – Todo mundo vê você na piscina

Como a cidade cresceu em volta das estruturas, tem alguns prédios do lado da área de piscina. Tinha gente olhando o tempo todo…até deu tchauzinho pra um pessoal que ficava na janela falando umas coisas ahuehuehueha

Nada de grave aconteceu, ninguém se ofendeu nem nada, mas é um pouco estranho estar sendo observada como um bicho no zoológico.

Nota final

Limpeza e aspectos geraisÓtimo
LocalizaçãoÓtimo
AlimentaçãoBom, mas pode melhorar
PreçoMédio a alto

Agradeço o Hotel Best Western Tarobá pela parceria e profissionalismo. Espero visitar Foz outras vezes para compartilhar mais experiências!

Se gostou do perfil do Hotel e deseja se informar mais, ligue ou visite o site deles.

Hotel Best Western Tarobá 

Rua Tarobá, n.1048 Centro, Foz do Iguaçu-PR

Reserva por telefone: (45) 2102-7770

Reserva por e-mail: reservas@hoteltaroba.com.br

Boa viagem!

 

Precisa de hospedagem barata em qualquer lugar do mundo?
Reserve por Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!
E que tal visitar museus pela Europa sem fila?
Reserve com o TicketBar Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!


Quer saber tudo e mais um pouco sobre veneza?
Compre o e-book! Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *