Virando Gringa

5 vantagens de se hospedar em Hostel em vez de Hotel

Muitos leitores dizem que não conseguem viajar porque o dinheiro não dá. Que viajar é caro. Que é “coisa de rico”. Será mesmo? A grande maioria das pessoas acaba exagerando nos gastos em uma viagem por pura desinformação ou distração.

Planejar viagem cansa, mas é necessário!

Tudo bem, eu entendo. Planejar o orçamento de viagem não é fácil, ainda mais quando a gente quer só relaxar na viagem e deixar os problemas em casa, né? Mas, amiguinhos e amiguinhas, pensar sobre seus custos é muito importante. Saber quanto custa viajar é fundamental! 

Afinal, ninguém quer voltar de uma viagem incrível tendo que pagar dívidas por meses 🙁

Desse jeito, toda a tensão que foi deixada pra trás na viagem volta na forma de boletos!

Quando se trata de planejar orçamento de viagem, hospedagem é um dos maiores gastos. Uma diária de hotel em um destino turístico é uma puta bela de uma facada, principalmente se for alta temporada! 

Por isso vim aqui pra te dizer que existem muitas opções mais baratas de hospedagem.

Hostel é vida mores! As vantagens de se hospedar em hostel são muitas! E não é porque é hostel que vai ser sujo, desconfortável, nem nada disso! De uns anos pra cá o mercado de hostels evoluiu muito e tem hostel por aí que supera a muito hotel, viu?

Veja por exemplo esse hostel na Vila Mariana, ou esse hostel na Oscar Freire, em SP. Ou ainda esse hostel no Rio de Janeiro.

Olha essa paixão da minha vida que ainda vou conhecer, o Casa en El Agua e me diz se não parece resort:

 

Regardez cette publication sur Instagram

 

With tons of awesome new pictures we are ready for our new website!! Just a few days left 😎😎 📸 @davidgiraldo

Une publication partagée par Casa en el Agua (@casaenelagua) le

1 – Hostel é mais barato que hotel, sem perder a qualidade

Uma das maiores vantagens de se hospedar em hostel é o preço, claro. Óbvio.

Mas isso não significa que se perde a qualidade!

Assim como acontece com os hotéis, existem hostels muito ruins por aí. Mas existem uns que são de dar inveja em hotel 5 estrelas, como esse aí de cima!

E tem mais vantagens, geralmente os hostels são lugares que procuram ser modernos, descolados. Tem quartos temáticos, ou às vezes o hostel inteiro é temático! É uma experiência a parte!

E dá sim pra ficar em quarto privado, cama de casal, com banheiro seu. Tudo isso pode ser encontrado em hostel sim, não tem mais aquele mito do “albergue sujo que se divide quarto com trocentas pessoas”. Só se você quiser pagar 5 euros a diária. Pode também 🙂

2 – Hostel permite maior interação com outros viajantes

Quer fazer amigos na sua viagem? Conhecer gente diferente? Hostel é o lugar pra você!

Se comparararmos as informações compartilhadas em albergues com as que podemos conseguir em um hotel, perceberemos a diferença é gritante!

As informações no hostel costumam ser mais atualizadas e mais organizadas para o viajante independente. O fluxo de pessoas costuma ser maior, e as informações são atualizadas o tempo todo, porque o perfil do viajante de hostel é diferente.

Pegar informação de um hostel BOM, de qualidade, é como ter um amigo local no destino onde você está. O que você faria por ele? Onde o levaria? Qual o melhor bar? O que vale realmente fazer? Essas são as perguntas que você terá respostas fáceis num hostel. Minhas experiência com hotel é diferente, geralmente eles tem comércios amigos que nem sempre são os mais vantajosos, mas que por serem parceiros comerciais, eles indicam pro hóspede.

3 – Você pode usar a cozinha do hostel

Tá viajando, mas meio sem grana? Comer em restaurante é um grande gasto durante viagens, porque não ir ao mercado e cozinhar sua própria comida?

Ou então, você pode fazer as refeições principais fora, mas preparar lanchinhos pra comer no meio do dia e deixar eles prontinhos no hostel. Pedir comida no hotel é MUUITO caro e uma besteira, pois eles se aproveitam da comodidade de te trazer comida no quarto pra te cobrar exageradamente. Essa era já passou meus amigos!

Em hostel você pode deixar suas coisas na geladeira (fechadinhas e com seu nome escrito, por favor!) e voltar pra pegar quando quiser, como se estivesse em casa. É mais barato por razões óbvias: ninguém está te servindo, mas você precisa mesmo de uma pessoa levando comida pra você? Eu prefiro cozinhar no hostel, economizar e gastar num passeio depois 🙂

Cozinhar pode ser meio trabalhoso, mas voltar de viagem sabendo que economizou e não vão sobrar dívidas pós-viagem, é MUITO MELHOR do que ficar pagando parcelas do cartão de crédito.

4 – Hostel tem festas, encontros e atividades culturais

Ok, hotel também pode ter isso. Mas em hostels é simplesmente um perfil diferente.

A cultura do compartilhamento faz com que hostels tenham uma série de facilidades que você não encontra em um hotel. Desde internet sem fio grátis até uma coleção de livros, roteiros tipo aqueles do Lonely Planet, enfim, hostels dão DE DEZ A ZERO em hotéis quando o assunto é conhecer e interagir com o destino.

Inclusive meus maiores souvenirs de viagem são folhetos personalizados de hostels que fui pegando nas viagens.

5 – Recursos para o viajante econômico

Hostels costumam oferecer atividades que compensam muito mais do que atividades oferecidas em hotéis. Como viajante experiente (viajo desde 2011, já me hospedei em locais desde o hostel mais “fuleiro” até um Hilton em Londres) te adianto já: hostels são muitos mais antenados com atividades como Pub Crawl, passeios à pé pra conhecer a cidade (free walking tour), passeios de bicicleta, passeios alternativos para cafés locais, restaurantes mais baratos, entre outras coisas.

Partiu conhecer uns hostels doidos? Sim ou sim?

Precisa de hospedagem barata em qualquer lugar do mundo?
Reserve por Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!
E que tal visitar museus pela Europa sem fila?
Reserve com o TicketBar Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!


Quer saber tudo e mais um pouco sobre veneza?
Compre o e-book! Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!


Um comentário sobre “5 vantagens de se hospedar em Hostel em vez de Hotel

  1. Pingback: Minha experiência com nomadismo digital sendo tradutora e redatora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *