Virando Gringa

Como comprar ingresso para Machu Picchu e evitar filas

Esse post ensina como comprar ingresso pra Machu Picchu direto no site do governo do Peru, sem intermediários ou agências. Pra mim é a melhor maneira, pois você decide o horário que quiser, fica livre pra ir e vir sem depender de grupos, não tem que ficar negociando com ninguém, só compra e vai. Viagem independente dá um pouquinho mais de trabalho mas é LIBERDADE.

Olha minha cara de feliz de subir a montanha sem estar acompanhada de tiozinhos da CVC.

Atenção: Novas regras para visitar Machu Picchu

Desde 2017, existem novas regras para quem quer visitar Machu Picchu.

Regra 1 – As visitas ao sítio arqueológico agora tem dois turnos

A partir de 2017, as visitas passaram a ser separadas em dois turnos: manhã e tarde. Logo abaixo vou explicar melhor sobre cada turno e qual turno vale mais a pena.

Regra 2 – É obrigatório ter um guia (?)

De acordo com divulgação do governo do Peru, a partir de 2017 é obrigatório ter um guia para fazer a visita à Machu Picchu. Porém fui agora em setembro de 2018 e não foi pedido nenhum guia quando entramos.

Resolvi não fechar guia quando estava no Brasi. Vi as regras e pensei que seria melhor fechar um guia direto lá no Peru. Pra ser bem sincera acabei esquecendo. Comprei o ingresso conforme vou ensinar abaixo e fiquei tranquila.

Chegando em Machu Picchu, não me perguntaram em nenhum momento se eu tinha guia ou não. Entrei na fila, e ao chegar na bilheteria a funcionária me explicou que quem vai visitar as montanhas não precisam entrar com guia. Que Montanhas?!

Calma, vou explicar: lá em Machu Picchu você tem a cidade (o sítio arqueológico) e tem as montanhas em volta. Uma delas se chama Montaña Waynapicchu ou Huaynapicchu e a outra se chama Montaña Machu Picchu.

 Essa é a vista da montanha Waynapicchu/Huaynapicchu

Quem vai fazer o passeio incluindo as montanhas não precisam entrar com guia. Porém deve se encontrar com um guia depois que terminar o passeio às montanhas. Para visitar essas montanhas você precisa comprar a modalidade correta de ingresso. Vou explicar abaixo.

Teoricamente após a visita à alguma montanha, o visitante teria que se encontrar com o guia no setor da Rocha Sagrada. Porém quando eu estava fizemos o passeio da Waynapicchu/Huaynapicchu e depois só descemos e começamos a caminhar pela cidade normalmente. Ninguém perguntou se tínhamos guia, ninguém parou a gente, nada aconteceu. Acho que eles não ligam muito, pra ser sincera.

O legal de ir com guia é que você fica sabendo da história direitinho, não tem que pesquisar

Regra 3 – Trilhas planejadas

A única coisa que me incomodou com isso foi que alguns caminhos eram “one-way”, ou seja, só se podia ir em uma direção e eu queria voltar por um caminho mais fácil mas não conseguia porque o guardinha vinha apitando feito doido.

Regra 4 – Proibido entrar novamente (?)

De acordo com as regras, será proibido sair das ruínas e entrar novamente com o mesmo ticket. Porém, nessa viagem que fiz (setembro/2018) havia um sistema, em que a funcionária da bilheteria carimbou o meu ticket com um aviso dizendo que eu havia saído para usar o banheiro e a lanchonete e estava voltando.

Era um carimbo que dizia “utilizado”, ou seja, não parecia ser um carimbo específico pra dizer que as pessoas estão entrando e saindo, mas os funcionários entendem entre si e tá tudo bem. Pelo que percebi havia muitas pessoas saindo para ir ao banheiro e voltando a manhã inteira, pois os peruanos se mostraram muito compreensivos se você só explica que quer ir ao banheiro e voltar. É só você falar em português lento ou espanhol ou portuñol. Claro se você fizer isso dentro do horário do seu ticket! Se você comprou o ticket da manhã (6h a meio-dia) deverá sair para ir ao banheiro e estar de volta antes das 11h59.

Isso é um problema se você deixar pra ir ao banheiro por volta ds 11h (meu caso). A fila para entrada do turno da tarde já havia começado, então se juntaram as pessoas do banheiro com as pessoas que tavam chegando pro turno delas…e fudeu. Fiquei na fila e pensei que não ia dar pra entrar, mas no fim deu tudo certo.

Se ligue nisso.

Você até pode entrar de novo, mas vai conseguir com esse tanto de gente?

Regra 5 – Proibições de vestuário e equipamentos

Não é permitido usar sapatos que prejudicam o solo – salto, plataforma e essas coisas que fazem furos enquanto você anda. Sim, existem pessoas loucas o suficiente pra usar SALTO ALTO EM MACHU PICCHU. Existe mesmo louco pra tudo no mundo.

Não é permitido também usar pau de selfie porque atrapalha o fluxo de visitantes. Acho que alguém deu na cara de um turista muito puto alguma vez, porque os guias ficaram falando disso o tempo todo na explicação, mas atrás desses guias tinha uns 3 chineses usando pau de selfie na maior felicidade ahuehueha

Não é permitido usar mochilas muito grandes. A regra é que: mochilas e bolsas não poderão ser maiores que 40x35x20 cm. Again, não vi ninguém medindo, não vi ninguém nem olhando mochilas. Mas também como é um local onde se caminha muito, não teve ninguém que levou mochilas enormes porque ninguém aguenta subir montanha com um trambolhão de 70 L.

Como comprar o ingresso para Machu Picchu – Passo-a-passo

 

Passo 1 – Vá ao site oficial http://www.machupicchu.gob.pe/

Note que só dá pra comprar com VISA. Mastercard não.

Passo 2 – Escolha das atrações e veja o limite de pessoas

To be fair, se você analisar o número de ingressos disponíveis para Machu Picchu, não é tão difícil assim conseguir ingresso, e você pode comprar até na mesma semana da viagem quando está fora da temporada (alta temporada = maio a agosto).

Mas, atenção! Se você quer subir a Huayna Picchu é necessário comprar com meses de antecipação para a alta temporada, pois o limite de pessoas é menor.

Você vai ver que tem três opções no site:

  • Limite Machu Picchu: 2500 pessoas/dia.
  • Limite Machu Picchu + Montanha: 800 pessoas/dia.
  • Limite Machu Picchu + Huayna Picchu: 400/dia.

Qual o melhor horário para visitar Machu picchu?

Com certeza você vai querer aproveitar Machu Picchu o máximo que conseguir, né? Por isso se essa é sua primeira vez, pegue o primeiro turno! Você vai ter que acordar 4h da manhã pra conseguir estar lá entre 6h e 8h, mas garanto que você vai aproveitar MUITO mais.

Depois do meio dia, pelo menos em agosto e setembro, fica um sol de rachar e vai ser muito mais difícil subir qualquer uma das montanhas ou circular pelas ruínas se você estiver torrando feito um baconzinho.

Além disso, no primeiro turno tem bem menos gente do que no segundo, porque não é todo mundo que quer acordar às 3h30 pra comprar ticket de busão às 4h e estar na entrada as 6h. É difícil, mas vale a pena DEMAIS. Poré, devo dizer, a neblina só some lá pelas 9h30, 10h, que é quando você estará no topo da Waynapicchu se escolher esse passeio, ou em outro topo qualquer…Até que esse horário chegue, vai dar uma sensação de que você devia ter ido a tarde. Aí você vai ver o céu se abrindo pra você, e entende porque escolheu a manhã.

Passo 3 –  Anote ou guarde em PDF o número de reserva

Passo 4 – Volte ao site inicial (do passo 1) e clique em “Pagos” (Espanhol para “pagamentos”)

Passo 5 – Digite ou cole o número da reserva que você anotou

Passo 6 – Pegue um cartão internacional Verified by Visa

O problema do “Verified by VISA”

Já dá pra reparar logo de cara o logo da VISA embaixo…pois é: teoricamente eles só aceitam Verified by VISA.

O mais curioso é que tem depoimentos de pessoas que compraram ingresso pra lá sem um cartão Verified by VISA, pode ler aqui. Porém não consegui identificar qual foi o diferencial do cartão dessas pessoas…será que foi sorte? Será que é um bug no site do governo do Peru? Não sabemos.

No meu caso, tentei com 2 cartões Master diferentes…e não consegui. Só aceitaram Verified by VISA mesmo. Meus cartões de crédito são do Banco do Brasil e Itaú (ambos Mastercard). Só consegui comprar com um cartão Verified by VISA do Bradesco.

Passo 7 – Deu certo o pagamento? Agora retire seu ingresso

Voltando ao site do passo 1 e clicando em “Check-in” para imprimir seus ingressos de fato. Comprovantes de reserva não são válidos como ingressos, e o comprovante de pagamento não tem nenhum código de barra nem QR-Code, então também não é ingresso.

Passo 8 – Tire uma cópia do seu RG e do cartão que usou para a compra.

A cópia do cartão é só pra garantir, mas o RG tem que mostrar mesmo na entrada.

Muito importante: eles deixam um aviso no site falando que além da cópia do RG você terá que mostrar o cartão de crédito original, senão não entra. Mas quando eu estava lá ninguém pediu meu cartão, só pediram o documento e o ingresso impresso.

Dúvidas frequentes sobre compra de ingresso para Machu Picchu

Dá pra comprar com desconto de estudante?

Para comprar de estudante é só na hora, porque muita gente falsificou carteirinhas e aí eles proibiram comprar estudante online (obrigada galera que falsificou, tomara que o universo dê o dobro de gasto em suas vidas, principalmente se for em dólar ¬¬).

É arriscado comprar machu picchu na hora mas você pode tentar em agências lá do Peru mesmo.

Segui todos os passos, porque minha compra deu errado?

O pessoal do Sunday Cooks fez um post ótimo com alternativas sobre a compra de ingresso para Machu Picchu mesmo sem um cartão Veriified by Visa.

1 – Use o Visa Travel Money

2 – Compre ao chegar no Peru

3 – Comprar de agências no Brasil mesmo

Tem três opções de ingresso, qual escolher? Será que vou aguentar subir as montanhas?

Se você tiver condições de pagar o ingresso mais caro e tiver um preparo físico médio (não precisa ser super atleta não), recomendo pegar o ingresso incluindo a Waynapicchu/HuaynaPicchu. O caminho é cheio de vistas lindas, é emocionante de tão linda a vista panorâmicas dos mirantes do topo. A outra montanha tem um percurso menos íngreme (não fiz mas falaram), mas não deixa de ser bonito.

Quando eu falo preparo físico quero dizer que você vai subir e descer escadarias de pedra e trilha de terra por mais de uma hora (1h30 marromeno). Eu senti cansaço em alguns trechos, assim como muita gente que tava ali junto. Parava pra respirar, esperava o coração parar de disparar e continuava. Fui assim por todo o percurso e cheguei tranquila.

Junto com a gente tinha idosos, tinha crianças, tinha todo tipo de pessoa, então não é assim tão dificil quanto a gente pensa quando olha pra cima no começo do percurso. Dá uma olhada nessas fotos pra sentir o drama.

É verdade que o ingresso acaba rápido? Como saber quantos ainda tem?

Sim, é verdade. Como você viu acima, tem um número limitado de pessoas, então certifique-se de comprar antecipadamente se for viajar de forma independente.

Tem também agências de viagem que compram um monte de ingressos e guardam pra depois colocar o nome do cliente. É uma alternativa mas agências cobram por isso.

Como saber se ainda tem? Vá ao site principal e clique em “Consultas

Tem mais alguma dúvida? Deixe um comentário!

Precisa de hospedagem barata em qualquer lugar do mundo?
Reserve por Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!
E que tal visitar museus pela Europa sem fila?
Reserve com o TicketBar Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!


Quer saber tudo e mais um pouco sobre veneza?
Compre o e-book! Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *