Virando Gringa

Porque o blog Virando Gringa tem esse nome?

Que bom que você se interessou em saber um pouquinho mais sobre meu blog!

Quer trabalhar comigo? *Baixe o Mídia Kit*

Da onde veio esse nome?

O nome “Virando Gringa” é uma brincadeira, que veio de uma conversa com uma amiga. Um dia, durante meu primeiro intercâmbio, estávamos conversando na sacada do nosso Dorm (AP universitário) em Wageningen, Holanda.

Estávamos refletindo sobre as possíveis viagens que queríamos fazer, e se queríamos mesmo ficar morando em outro país pra sempre, ou se queríamos voltar pra casa, enfim, estávamos batendo papo sobre todas as possibilidades que se abriam, sem tomar de fato nenhuma decisão.

Ela disse que não queria morar no Brasil porque todo mundo olhava pra ela e falava: “Gringa! Olha a gringa!”, “Tu é gringa né?” (Ela á austríaca, loira de olho azul).

Daí ela soltou: Do jeito que a gente anda viajando, vamos acabar virando gringas em qualquer lugar! Esse mochilão nas costas, essas roupas meio velhas, esse cabelo bagunçado. Qualquer um vai chegar e dizer: “Olha a gringa aí“!

E aí a gente percebeu que o “gringo” do jeito que nós víamos na época, ou seja principalmente aquele jovem, mochileiro, tem um certo estilo que é característico. Do jeito que a gente imaginou é uma pessoa mais desapegada, que se veste bem básico “pra viagem”, e como tá sempre viajando, está sempre meio largadão. Pelo mesmo motivo carrega pouca coisa, e poupa dinheiro naquilo que der, porque o que importa é conhecer muitos lugares, gastando o menos possível.

Poderia ser um life style, mais ou menos como um “viajante eterno”. Depois de conviver por muitos meses, a gente acabou adotando a palavra “gringa” para toda pessoa que passava com cara de mochileiro.

Você pode achar que não tem nada a ver, mas na hora fez sentido huahauha

Então resolvi colocar de nome do blog!

Como isso começou

Tudo começou em 2011, quando eu escrevia pequenas histórias sobre meu primeiro intercâmbio e o período na Holanda. Era histórias bem introspectivas sobre minhas visões no novo país. Tem muito texto que hoje considero idiota daquela época hahahah

Só em 2014/2015, quando voltei da China, pensei que poderia tentar transformar o blog em algo um pouco menos introspectivo, e mais aberto a todos, não só família e amigos. Daí comecei a postar algumas coisas sobre bolsas de estudo, viagem barata, mochilão, e lugares curiosos que eu visitei. Também lugares muito clichês que eu visitei. Porque não?

Esse texto do Allan Greicon, uma pessoa maravilhosa que conheci na viagem para a China, reflete bem o sentimento de escrever sobre minhas viagens, mesmo que seja meses depois ou até anos depois.

Nossas vivências mais impactantes e transformadoras costumam estar relacionadas à essência humana: são iluminações simples, mas profundas, que alteram nosso olhar e, assim, quase tudo que fazemos. Esses pontos de inflexão podem vir das mais variadas experiências. O maior problema para “escutarmos” a realidade, contudo, parece ser o ritmo acelerado de nossas vidas, que mais do que refletir e absorver vivências, são avaliadas por um ritmo quantitativo. Não importa o quanto suas experiências tocaram você, mais quantas experiências você teve e como saberá vendê-las. Além disso, temos um grande desincentivo para reler, rever, reescrever sobre algo que gostamos. Não entendemos que aprendizados são constantes e devem ser renovados: aquele livro pode ser relido, o filme revisto, um texto do nosso passado, reescrito“.

Para quem escrevo esse blog

  • Para quem não consegue parar de viajar. Mesmo sem grana.
  • Pra quem quer fazer intercâmbio alternativo (worldpackers, wwoofing, work away couchsurfing)
  • Para estudantes que  querem conseguir bolsa de estudo fora do Brasil.
  • Pra quem gosta de viajar de bicicleta.
  • Para quem, como eu, se interessa em baratear suas viagens, tentar encontrar oportunidades de crescer e melhorar como pessoa, profissional, estudante.
  • Para amigos e família, que nunca me abandonam.
barigui-girl-bike

Pra quem não escrevo esse blog

  • Pra gente sem amor no coração.
  • Pra neo-fascista e neo-nazista.
  • Pra gente que critica sem oferecer soluções.
  • Pra gente preconceituosa.
  • E pra gente que ataca gratuitamente.

Resultado de imagem para don't feed the troll

Como você pode ajudar

Todo blogueiro tem o sonho de viver do blog.

Eu estou um pouco longe disso ainda, tenho outro trabalho, e escrevo o blog como Hobby.  Sou Engenheira Florestal e Tradutora.

Se gostou do conteúdo e quer ajudar:

Reserve Hostel ou Hotel pelo Blog

Para uma viagem mais barata recomendamos Hostel, ou chamado também de Albergue.

Sou afiliada do HostelWorld, o melhor site de busca de Hostels do mundo!

banner014-250x250-portuguese-generic-hostels_bbs-non_groups

Para hotéis, recomendo o Booking.com

Reserve Seguro Viagem pelo Blog (não por telefone)

Sou também afiliada do Seguros Promo

 

Compre tickets para Museus e Atrações do mundo todo, e fure a fila com ingresso antecipado!

11098734_365916660275433_75118692_n

Conheça a RBBV e blogs parceiros

A Rede Brasileira de Blogs de Viagem é minha grande parceira, sempre com colegas inspiradores, que me orientam e são realmente professional travel bloggers!

Olha, pra dizer a verdade são tantos, que fica difícil indicar só alguns, então melhor você visitar o site da RBBV e conferir por si mesmo!

selo-rbbv2016

Não use AdBlock

Blogs de viagem ganham dinheiro das mais diversas formas.
Anúncio é uma delas.
Você pode desativar o adblock para este site, assim, toda vez que visitar eu ganho uns centavinhos do papai google.

Contato

Tem dúvidas?

Procure na busca à direita, ou mandei um e-mail para virandogringa@gmail.com

Precisa de hospedagem barata em qualquer lugar do mundo?
Reserve por Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!
E que tal visitar museus pela Europa sem fila?
Reserve com o TicketBar Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!


Quer saber tudo e mais um pouco sobre veneza?
Compre o e-book! Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!


4 comentários sobre “Porque o blog Virando Gringa tem esse nome?

  1. MARIA MADALENA VOLTANI

    Olá Juliana,
    Amei você e o seu blog!
    No primeiro momento quero ajudá-la a ganhar “uns centavinhos”
    E ai, me fale, onde eu desativo adblock para este site?
    Quero viajar e já estou visitando o Hostelworld e quando precisar fazer o seguro vou reservar pelo blog.
    Tenho 56 anos e pretendo ser voluntaria na Africa, mas antes quero conhecer Bristol no Reino Unido.
    Abraços
    Maria

    1. admin Autor da Postagem

      Oi Maria,
      que legal seu depoimento!
      pra desativar o adblock vc clica no ícone do adblock no canto direito e aí escolhe o site como adblock desativado 🙂 Obrigada por pensar nisso, não é todo mundo que se atenta hahahaha
      Já leu o post sobre voluntariado seguro?
      abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *