Intercâmbio em Nova York com refeições inclusas – work exchange

Estava escrevendo sobre o que fazer em Nova York e topei com uma oportunidade de intercâmbio de trabalho num bairro bem arborizado de NYC, a apenas 25 minutos do centro – de trem, yay!

Eu não vou conseguir fazer esse intercâmbio em nova york agora, porque estou no Brasil, trabalhando muito e guardando dinheiro para tirar minha cidadania italiana. Mas isso fica pra outro post.

Nesse post aqui vim mostrar essa oportunidade, porque achei realmente boa. Quem lê o blog sabe que eu não faço propaganda a toa, eu não fico fazendo merchan de coisa ruim por ami$ade. No caso da Worldpackers, faço tradução, blogger e expert pra eles e me considero sortuda, porque realmente acredito nessa galera. Bom, rasgação de seda à parte, vamos ver essa vaga de intercâmbio voluntário em nova york?

Vaga de voluntariado em Nova York

Essa vaga fica em Nouvelle Rouchelle, um bairro arborizado de Nova Iorque.  Você pode ver a vaga de voluntariado em Nova York aqui.

Curtiu a ideia de ser voluntária ou voluntário fazendo intercambio em Nova York? Então use meu código de desconto VIRANDOGRINGA#WP e ganhe 20% de desconto na anuidade da Worldpackers, ou US$ 10 e boa viagem! 🙂

Você pode ir direto no link acima e ver a vaga por si mesma, mas se preferir, vou te contar um pouquinho por aqui 😉

Vale a pena viajar pra Nova York?

Preciso mesmo te convencer a ir pra Nova York?

A cidade é um dos lugares mais visitados do mundo e não é a toa, pois é um dos lugares mais interessantes do mundo também. Qualquer pessoa que já viu séries ou filmes dos Estados Unidos, já ouviu falar pelo menos um pouco sobre Nova York.

Nova York é clássica pela sua história e arquitetura, mas ao mesmo tempo que é tão (ou mais) maluca e cosmopolita que São Paulo. Na verdade essa comparação é sacanagem, porque muita gente fala que é a São Paulo que deu certo. Sei lá, vamos deixar isso pra lá. Descubra por si mesma.

Em NY, você pode conhecer cenários de séries icônicas como Friends, assistir a peças como Hamilton (aquela do Lin-Manuel Miranda), ou as mais clássicas como Fantasma da Ópera ou Wicked. 

Se você não gosta disso, também vai encontrar música alternativa (isso renderia um post a parte). Pode tirar a tarde para ir ao Central Park, tomar cerveja artesanal ou sentar para trabalhar num café todo diferentão com um tema único tipo algum filme que você nem conhecia. Sim, eu bóio em várias coisas de Nova York, mas tá ok. 

Tem um monte de lugar turístico clássico de lá como a Times Square, a Estátua da Liberdade, o Empire State, o Rockfeller Center e por aí vai.  Você pode saber mais sobre o que fazer em Nova York em outro post.

O mais interessante na minha opinião, além de ver os pontos turísticos porque você simplesmente tem que ver.

Afinal porque todo mundo vai ver? Só pela curiosidade eu já quero ver. Mas além disso, você pode conhecer pessoas que largaram tudo para tentar a sorte num novo país, imigrantes, viajantes, e todo tipo de gente, porque NY é uma das maiores metrópoles do mundo inteiro. 

Mais info sobre intercâmbio em Nova York

Essa vaga fica em Nouvelle Rouchelle, um bairro arborizado de Nova Iorque.  Você pode ver a vaga de voluntariado em Nova York aqui.

Curtiu a ideia de ser voluntária ou voluntário fazendo intercambio em Nova York? Então use meu código de desconto VIRANDOGRINGA#WP e ganhe 20% de desconto na anuidade da Worldpackers, ou US$ 10 e boa viagem! 🙂

O local é uma casa que parece bem localizada, na região que as pessoas de lá chamam de upstate, ou seja meio longe de Nova York o CENTRO, mais ao norte do estado. O lugar é muito bom pra quem gosta de andar de bike, relaxar, caminhas ou pegar um trem por 25 minutos pra chegar no centrão mesmo de NYC.

Os anfitriões emprestam bicicleta e equipamento de camping (a região tem parques). Aliás quem são os anfitriões? Bart e Eva, um casal de americano e europeia. Eles falam alemão, holandês, francês e inglês. Preferem voluntários que gostam de conversar e precisam exercitar a fala de inglês (então é recomendado que você tenha intermediário). Além disso eles cozinham no local, então é bacana se você gostar de cozinhar. Ah, eles fornecem as três refeições para você, mas esperam que cozinhe junto.

Eu aprenderia a cozinhar, e vocês? xD

Eles acabaram de se mudar para o local e estão restaurando a casa. A intenção é formar um hostel ou guesthouse para músicos que venham para Nova York. A sua missão seria ajudar nas tarefas diárias de jardinagem, limpeza, cozinhar, ajudar a restaurar e outras tarefas.

A maioria das tarefas vai ser braçal, porém não é para ser pesado. A ideia é que você troque algumas horas do seu dia AJUDANDO os anfitriões que também estarão realizando tarefas, as vezes junto com você. É uma troca colaborativa entre pessoas que precisam de ajuda, e pessoas que precisam de hospedagem e comida de graça em Nova York.

Esse é um jeito bem legal de fazer intercâmbio em Nova York sem pagar escolas ou ter grandes custos com hospedagem. Você troca algumas horas de trabalho no seu dia pela hospedagem e, nesse caso, as refeições! É realmente uma oportunidade única de ver uma das cidades mais visitadas do mundo por um preço bem menor do que o convencional.

Fora a economia, tem a experiência cultural de chegar na casa de dois gringos que absolutamente não falam português e podem não ter referência alguma sobre a cultura do Brasil. Pode ser uma experiência muito enriquecedora para você conhecer um lugar assim, com pessoas que diferem totalmente das pessoas da sua “bolha” no Brasil, numa situação totalmente fora da zona de conforto. Eu viajo pra ter esse tipo de experiência única, e você?

Curtiu a ideia de ser voluntária ou voluntário fazendo intercâmbio em Nova York? Então use meu código de desconto VIRANDOGRINGA#WP e ganhe 20% de desconto na anuidade da Worldpackers, ou US$ 10 e boa viagem! 🙂

Acesse a vaga de intercâmbio voluntário em Nova York.

Check list de viagem para Nova York

Decidiu aproveitar essa vaga incrível de intercâmbio voluntário em Nova York? Então é bom reunir os documentos necessários como passaporte, visto, comprovante de renda, hospedagem e outros.

Visto para os EUA: O visto de turista (B-2) permite que você chegue até qualquer aeroporto nos Estados Unidos. Isso mesmo, só o aeroporto. Depois você tem que passar pela alfândega para entrar de fato no país.

Passo a passo para visto de turista EUA:

  • Preencha o Formulário online DS-160;
  • Pague a taxa de solicitação de visto;
  • Tenha um passaporte válido (se já tiver, mas o passaporte estiver danificado, tire outro antes de pedir o visto pois pode dar merda); e
  • Forneça uma foto de acordo com as especificações no site da embaixada.

Seguro Viagem: apesar de não ser obrigatório como no caso da Europa, contratar seguro viagem para os Estados Unidos é fundamental. Se você pegar essa vaga que comentei no post, você vai ter o seguro da Worldpackers, que dá 3 dias de hospedagem gratuita caso o seu voluntariado dê algum problema. Eles oferecem suporte 24h também. Porém, você vai agradecer por ter feito seguro viagem se você tiver bagagem extraviada, mudanças e cancelamentos de passagens aéreas e até (bate na madeira) casos de morte. Seguro viagem te salva em pequenos ou grandes acidentes, mas vamos torcer pra não precisar 😉

Lembre-se sempre que nos EUA não existe sistema de saúde pública! “SUS é coisa de brasileiro”, ou em alguns outros países também dá pra ser atendido de graça (ou quase) como no Canadá ou Inglaterra. Voltando à terra do tio sam, numa simples visita ao médico porque torceu o pulso, você pode voltar pro BR com uma conta de mais de US$1 mil.

Porém, não se preocupe, os hospitais não costumam negar atendimento. Só vai vir uma conta em dólar depois. E tá alto, viu migs? Por isso mesmo, o trabalho em troca de moradia é tão importante se você quer fazer uma viagem tranquila, sobra grana pra passeios e emergências.

Como encontrar passagens baratas para Nova York?

Acesse a vaga de intercâmbio voluntário em Nova York.

Precisa de hospedagem barata em qualquer lugar do mundo?
Reserve por Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!
E que tal visitar museus pela Europa sem fila?
Reserve com o TicketBar Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!


Quer saber tudo e mais um pouco sobre veneza?
Compre o e-book! Aqui e ajude o blog sem pagar nada a mais por isso!


Engenheira, tradutora e criadora de conteúdo. Gosta de falar de viagem barata (mochilão), dicas de intercâmbio alternativo e é uma caçadora incessante bolsas de estudo. Em 28 anos de vida, fez 4 intercâmbios, conhece 20 países (por enquanto), e já morou em: Holanda, Alemanha e China.

2 thoughts on “Intercâmbio em Nova York com refeições inclusas – work exchange

  1. Oiii estive 88 dias na Europa esse ano voltei em 09 de agosto em novembro posso voltar é isso?? Depois de 3 messes no brasil?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *